Select Menu
Select Menu

Noticias

Games

Entretenimento

Tecnologia

Ciência

Análises

Humor

Vídeos

Especial

» » » Ps4 é 50% mais rápido que o Xbox One, afirmam os desenvolvedores


Fabricio Piton Prior 07:35 0


A revista Edge quer ver o circo pegar fogo mesmo...rs. A Sony já tinha declarado que o Playstation 4 é superior ao concorrente da Microsof, mas a prova só teremos no lançamento dos dois. Porém, a revista Edge, em uma publicação, disse que  vários desenvolvedores garantiram que o PS4 é 50% mais rápido que o console da Microsoft e que, no final das contas, a diferença entre as duas plataformas se torna significativa e óbvia, ao contrário das declarações dadas pelo diretor-sênior de marketing da Microsoft, Albert Penello, na semana passada.

A revista explica que são vários os fatores que favorecem o sistema da Sony. O principal deles é a própria memória, cuja capacidade de leitura é entre 40 e 50% mais rápida que a do One. A Unidade de Lógica Aritmética — a ALU, no original, em inglês — também possui uma diferença de desempenho semelhante.

Para ilustrar a variação no desempenho, a Edge afirma que uma build multiplataforma produzida de maneira “isenta” — ou seja, sem usar nenhum console como base — rodaria a 30 fps com uma resolução de 1920x1080 no PS4 e a “vinte e poucos” a 1600x900 no sistema da Microsoft.

Além disso, um dos desenvolvedores entrevistados deixa claro que o Xbox One é mais fraco — e sua fabricante parece saber disso, o que explica as recentes notícias sobre a tentativa de aumentar sua velocidade de processamento. No entanto, ele afirma que esse “empurrão” dado não é significativo e que, no fim das contas, isso não muda muita coisa.

Graficamente, outro desenvolvedor aponta para o fato de que nenhum dos drivers está definitivamente “fechado”, o que significa que muita coisa pode mudar até o final de novembro, quando os consoles serão lançados. Segundo ele, tanto a Sony quanto a Microsoft, ainda estão trabalhando em maneiras de torná-los mais potentes.

Contudo, essas possíveis mudanças podem não significar muito para o Xbox One. O mesmo desenvolvedor afirma que a Microsoft continua atrás da concorrente e que isso pode ser um problema. Já outro produtor foi mais agressivo e descreveu os drivers gráficos do One como horríveis, mesmo sabendo que eles devem evoluir mais ao longo da geração.

Ainda assim, outro entrevistado conclui dizendo que, apesar das diferenças de velocidade e dispositivos, os títulos multiplataforma continuarão sendo bastante parecidos. Segundo ele, os prazos apertados pedidos pelos estúdios e a falta de familiaridade dos desenvolvedores com os hardwares impede que eles explorem o real potencial dessas tecnologias — o que, em um primeiro momento, vai fazer com que as primeiras batalhas sejam travadas em termos de recursos exclusivos, como o touchpad do DualShock 4 e o novo Kinect.

Porém, a Edge não ficou só criticando a Microsoft e citou alguns dos pontos nos quais o Xbox One consegue superar o PlayStation 4. Segundo um de seus contatos, quando o conteúdo está escrito na memória e não há muita textura ou outros elementos que dependam da ALU, o Xbox One ganha.

Além disso, a nuvem é outro elemento que pode dar um grande empurrão ao One a médio e longo prazo, apesar de essa análise técnica inicial não considerar esse fator por falta de embasamento. Como eles não conseguiram testá-la em sua totalidade, ainda é difícil prever o que ela trará de benefícios.

Concluindo, um dos desenvolvedores explica que, sob a perspectiva do mercado de maneira geral, não é nada vantajoso ter um console nitidamente mais poderoso que o outro, uma vez que as próprias produtoras podem se prejudicar com isso. Desse modo, ele acredita que, para minimizar os riscos, é provável que o poderio do PS4 seja “reduzido” para que ele possa se igualar ao Xbox One.

Postado por: Mago Nerd

Fonte: Edge

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply