Select Menu
Select Menu

Noticias

Games

Entretenimento

Tecnologia

Ciência

Análises

Humor

Vídeos

Especial

» » » Vovós e Vovôs arrepiando nos games


Fabricio Piton Prior 10:12 0


Quando imaginamos um vozinho jogando as primeiras coisas que vem a cabeça são: xadrez, gamão, bocha, baralho e coisas nessa linha. Porém, existem outros tipos de atividades recreativas que estão conquistando cada vez mais a terceira idade.

E quem pensa que os jogos eletrônicos fazem parte apenas da vida das crianças e dos adolescentes do século XXI, está completamente enganado. Diante de tanta tecnologia, alguns vovôs  e vovós mais modernos, também resolveram se entregar aos benefícios do mundo virtual e adotaram computadores e videogames como fonte de lazer.

Entretanto, diferente dos jovens, os idosos não usam os games apenas como meio de entretenimento, mas como um modo de manter a prática de atividades físicas, muito importante durante essa fase da vida. Um asilo aos arredores de Paris, por exemplo, resolveu adotar a ideia e está dando certo. Duas vezes por semana, os moradores do local se arriscam em partidas virtuais de boxe, boliche e tênis.

Utilizando o aparelho Wii, da Nintendo, os velhinhos se divertem e praticam atividades ao mesmo tempo. Em termos de movimento, o simulador exercita os dedos, as mãos, os braços, as pernas, a cabeça, além de trazer resultados positivos em relação a memória e coordenação motora do jogador.

A empresa Erickson chegou a promover, em 2007, um campeonato virtual de boliche para idosos. Na ocasião foram reunidas várias equipes animadas, para disputar o título de campeão na modalidade virtual. Este tipo de ação, além de ajudar no condicionamento físico dos idosos participantes, aumenta e muito a auto-estima dos mesmos.


E para provar que esses jogos trazem benefícios para a saúde do idoso, foi realizada uma pesquisa, em 2010, pela Universidade Americana da Califórnia que revelou que os “exergames” (videogames que combinam jogos com exercícios), podem diminuir bastante os sintomas de depressão em idosos.

A pesquisa foi realizada com 19 participantes de 63 a 94 anos. Os voluntários faziam a experiência três vezes por semana, durante sessões de 35 minutos. Os resultados foram surpreendentes: mais de um terço dos idosos teve redução de até 50% dos principais sintomas da depressão. Muitos deles ainda tiveram uma grande melhoria na qualidade de vida, no que diz respeito à mente e a estímulos cognitivos.

Apesar dessas vantagens, é importante lembrar que antes de realizar qualquer atividade física, mesmo que virtual, é necessário realizar um “check up” geral, para certificar-se de que os exercícios não farão efeito contrário. Para isso, é preciso contar com os serviços de um bom plano de saúde. Depois do aval clínico, resta apenas passar horas se divertindo na frente do velho e bom videogame.

Quando chegar nessa idade quero debulhar muitos games estilo esses vozinhos. 

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Leave a Reply